terça, 19 de fevereiro de 2019

ABA reforça orientação sobre inclusão de closed caption nos comerciais

Cronograma definido pelo Ministério das Comunicações entra em nova etapa e a entidade reforça a orientação para que os anunciantes adotem, como política permanente, a inclusão da legenda oculta em seus comerciais.


A ABA está reforçando junto aos seus associados, bem como a todos os anunciantes brasileiros, a necessidade de adotarem, como política permanente, a inclusão da legenda oculta (closed caption) em seus comerciais.

 

Esta é a orientação da entidade desde 2007, quando o Governo estabeleceu as normas de acessabilidade, porém o assunto agora voltou a ser discutido, uma vez que o Brasil está entrando em mais uma das etapas definidas no cronograma do Ministério das Comunicações.

 

Importante lembrar que a legenda oculta foi inicialmente concebida para atender ao público de deficientes auditivos, mas com o tempo percebeu-se sua eficácia também entre os estrangeiros residentes no país em processo de aprendizagem do idioma, idosos com a audição prejudicada, pessoas que consomem diversas mídias simultaneamente e até mesmo a audiência da TV em locais públicos, como bares, restaurantes, hospitais, estações de transportes públicos e em certas modalidades desse gênero de locomoção.

 

Ainda que seja obrigação das emissoras de TV fazer a inserção das legendas ocultas, a ABA entende ser mais conveniente que os anunciantes entreguem desde já seus comerciais com esse recurso incorporado, de forma a evitar “degravações” apressadas, falta de boa sincronização da legenda com o que se fala e eventuais erros (de português, de números etc.) nessa transposição.

 

A norma de aposição da legenda oculta já é seguida há tempos em países da Comunidade Européia e nos Estados Unidos e, desde 2007, por muitos anunciantes no Brasil, de forma voluntária, que levam em consideração que a legenda oculta é um sinal de respeito à população em geral e representa a possibilidade de falar de forma mais precisa com um maior número de consumidores em todas as situações de audiência do meio televisão.

 

De acordo com o cronograma definido pelo Ministério das Comunicações para a inclusão gradativa da legenda oculta em toda a programação de TV do país, incluindo filmes, jornais, novelas e programas em geral, hoje o padrão obrigatório é de 16 horas por dia. Deve progredir para 20 horas diárias em 2015 e 24 sobre 24 em 2017.

ABA NAS REDES SOCIAIS

Revistas

Confira as outras edições aqui!

Avenida Paulista, 2073, 14º andar, conjunto 1403 – Edifício Horsa II – Conjunto Nacional
© 2019 ABA - Associação Brasileira de Anunciantes by Pragma