segunda, 20 de maio de 2019

ABA 60 anos Marketing em Salvador evidencia “conhecer o consumidor traz equilíbrio ao mix de mídia”

A ABA – Associação Brasileira de Anunciantes realizou hoje, 10 de abril, na capital da Bahia, seu primeiro dos 12 encontros do calendário de eventos de 2019. O ABA 60 anos Marketing em Salvador, com o tema “É possível customizar o consumo?” trouxe à tona que os consumidores estão demandando cada vez mais autenticidade, imediatismo, produtos diferenciados e experiências com as quais se possa expressar sua individualidade. Mediante esta afirmação, os painelistas e o público presente, que lotou o auditório do Mercure Salvador Pituba Hotel, refletiram sobre “diante desse novo comportamento, como as mídias podem impactar muitos e poucos ao mesmo tempo?”. Após a manhã de debates, uma das conclusões dos especialistas é que “conhecer o consumidor traz equilíbrio ao mix de mídia”.

WhatsApp Image 2019-04-10 at 12.12.32

Sandra Martinelli, Presidente-Executiva da ABA

Sandra Martinelli, Presidente-Executiva da ABA, reforçou em sua abertura a importância do tema dentro do planejamento estratégico da Agenda 2020 da Entidade, e a relevância dos encontros regionais, que, dentre outros objetivos, almeja compartilhar e disseminar conhecimento com os profissionais do ecossistema de Marketing para um protagonismo colaborativo.

O primeiro painel “A importância do OOH para a influência do consumo” deu enfoque à mídia exterior, que foi amplamente debatida pelos executivos envolvidos nesta plataforma. Mediado por Americo Neto, Presidente da ABAP-BA, o painel foi aberto por Paulo Stephan, CEO da ABOOH, que iniciou sua fala com a provocação “O que é OOH hoje em dia?” e na sequência resgatou as oportunidades que se abriram após a Lei Cidade Limpa, sancionada em São Paulo em 2007. Desde então, não só na capital paulistana, a mídia exterior tem suscitado inovações e aprimoramento. “OOH é o segundo meio de maior penetração, oferece capilaridade (pois estamos onde as pessoas estão e atualmente são 180 mil faces das empresas associadas ao OOH), promovemos adequação (comprovada pelo PMV – Painel de Mídia de Veículos) e somos o terceiro meio de maior interesse dos clientes que confirmam o desejo em aumentar o investimento em OOH neste ano”, comentou o executivo.

Já Leandro Veríssimo, Diretor de Marketing da Eletromidia, frisou que “Falar de OHH é falar de pessoas. A mídia exterior tem potencial muito alto para estar junto às pessoas”. Para Veríssimo, “A tendência da mídia é entender os hábitos das pessoas e associá-los às métricas contemporâneas. E o futuro da mídia se traduz em diálogos reais, no qual o OOH é parte da jornada do consumidor”.

WhatsApp Image 2019-04-10 at 10.00.22

Painel “A importância do OOH para a influência do consumo”

Resgatando o tema central do evento, Marcelo Ladeiro, Marketing da Soul Dila, relatou que “Customizar o consumo é transformar minha imagem sinestésica em uma linguagem verbal. Isso inclui o respeito às relações humanas, que é, por exemplo, mudar a estratégia de vendas a partir do feedback de um cliente”. De acordo com o profissional, o OOH é uma mídia importante de aproximação com grupos específicos de consumidores; por isso, em sua última campanha, inseriu mensagens distintas a depender da localização das placas que estão espalhadas pela cidade.

Tratando os painéis comunitários como um catalizador de transformação social, Hugo Gusmão, Sócio da OpenOOH, explanou sobre a relação entre as marcas e os 1.800.000 moradores de bairros periféricos de Salvador. “Temos foco nas zonas especiais de interesse social mapeadas pelo poder público. Buscamos fazer com que nossa mídia dialogue com as pessoas no lugar certo e no momento certo. Reconhecemos que a comunidade tem uma dinâmica própria e esse envolvimento gera um sentimento de responsabilidade”, relata o empresário.

WhatsApp Image 2019-04-10 at 11.22.46

Logo após o primeiro painel, houve a palestra de Edmar Bulla, Sócio da Croma, que respondeu às perguntas de Fernando Sodake, Jornalista e Âncora da Rede Bahia. Na abertura de sua apresentação sobre os resultados do estudo Marketing Compass 2019, Bulla afirma que “Estamos dentro de um movimento de transformação do mercado brasileiro. Por isso, é fundamental acompanhar o que os próprios anunciantes trazem de insights”. O Marketing Compass (“bússola” em português) reúne dados com as principais escolhas realizadas pelos anunciantes em 2018 e contém as apostas para o uso mais eficiente do orçamento em mídia neste ano.O executivo reforça que 2018 foi um ano muito desafiador e que, de acordo com os entrevistados, 2019 traz mais otimismo. “Os últimos três anos foram definidos pelos anunciantes como ‘desafiadores’, com nuances de dificuldade, superação e mudança. Em 2019, a palavra de ordem é ‘crescimento’ e vem acompanhada de esperança”. Essa terceira edição da pesquisa ouviu 102 profissionais responsáveis pelo budget de Marketing e Comunicação de empresas anunciantes de diversos setores em todo o País. O levantamento teve apoio institucional da ABA.

WhatsApp Image 2019-04-10 at 10.12.52

Palestra de Edmar Bulla, Sócio da Croma

O último painel, com o título “Novas regras de engajamento: como isso se dá no mercado soterapolitano?”, foi mediado por Diego Oliveira, CEO da Youpper Insights, e contou com a participação de outros três executivos. A ‘valorização do consumidor na definição da rota para o engajamento’ foi o principal ponto em comum entre os painelistas. Segundo Vera Rocha, Presidente eleita do Sinapro Bahia, “Engajamento é um tema extremamente abrangente. Se partimos para uma análise sobre o aspecto da tecnologia, vale dizer que estamos em uma era pós-digital. Mas conectado não significa ser engajado. Digital é fundamental, mas não será exclusivo. Pois, o que importa não é a quantidade, e sim a qualidade, especialmente qualidade de audiência; temos que procurar pelo fã da marca”.

WhatsApp Image 2019-04-10 at 12.06.20

Painel “Novas regras de engajamento: como isso se dá no mercado soterapolitano?”

João Gomes, Diretor-executivo da Rede Bahia, iniciou parabenizando a ABA por seus 60 anos: “A Associação merece todo nosso respeito e admiração. Agradeço por trazerem para a Bahia discussões tão relevantes como as de hoje, neste evento. Uma oportunidade única de aprender e compartilhar. Em se tratando do engajamento com os públicos, temos que entender o que mobiliza as pessoas. Por isso, devemos ampliar nosso olhar a ponto de enxergarmos o benefício social moderno da plataforma de mídia. Ela tem de ser utilizada com responsabilidade, assegurando os dados das fontes, e também ter foco em assertividade”.

56518264_1242769182538903_542099940193599488_n

Complementando as reflexões sobre o tema, Mirela Cubilhas, Diretora de Marketing da Enashopp, compartilhou sua experiência: “Nosso futuro é nosso presente de agora. Temos trabalhado com foco no ser humano, que, na verdade, somos todos nós. O indivíduo está em momento de reconstrução e, consequentemente, nosso mercado. Vivemos um formato BETA, no qual precisamos cada vez mais interpretar o que se passa pela cabeça do consumidor, entender o intangível. Não é uma garantia de sucesso, mas é o caminho. Recentemente, trouxemos os clientes de nossos shoppings para dentro da sala da diretoria e isso nos rendeu vários aprendizados.”

Durante o encerramento, Martinelli agradeceu novamente pela presença de todos e relembrou que este é o ano de comemoração dos 60 anos da ABA.

ABA NAS REDES SOCIAIS

Revistas

Confira as outras edições aqui!

Avenida Paulista, 2073, 14º andar, conjunto 1403 – Edifício Horsa II – Conjunto Nacional
© 2019 ABA - Associação Brasileira de Anunciantes by Pragma